domingo, 30 de agosto de 2009

BRISCOE VENCE COMBATE COM DIXON E TRIUNFA EM CHICAGOLAND

Crédito da foto - gpupdate.net
A décima quinta etapa da Fórmula Indy no oval de Chicagoland em Joliet – Illinois, foi de arrepiar. O Australiano Ryan Briscoe da Penske venceu o duelo com o neozelandês Scott Dixon da Chip Ganassi, por uma diferença de 77 milésimos na linha de chegada após as 200 voltas disputadas. Briscoe liderou o maior número de voltas no primeiro 1/4 da prova. A largada aconteceu sem grandes mudanças e as posições não se modificaram na ponta do pelotão. Depois do primeiro pit-stop, houve uma intensa disputa entre Briscoe, Dixon, Helinho e Franchitti. Os quatro primeiros colocados se destacavam na frente em relação ao resto do bloco de carros, e se formou dois grupos logo depois da volta 50.
No giro de número 75, Helio Castroneves se aproveitou dos retardatários e levou a melhor no tráfego, e na parte interna da pista, de terceiro, saltou para primeiro. Na volta 92 a primeira bandeira amarela. O japonês Hideki Mutoh da Andretti Green se estatelou na mureta de proteção. Na entrada para o segundo pit, Briscoe parou fora da marca nos boxes, e os mecânicos perderam tempo para reabastecer o bólido do australiano, e ele perdeu várias posições. Dixon ganhou a posição de Helinho na parada para reabastecimentos e troca de pneus e assumiu a ponta da prova. Na volta 109, Marco Andretti gerou a segunda paralização na corrida, após ir para a parte suja da pista e raspar o muro. Faltando 16 voltas para o fim, Helio Castroneves teve sua suspensão dianteira direita quebrada, bateu no muro e abandonou. Na relargada, Briscoe se recuperou do erro nos boxes e escalou o pelotão, e travou um excepcional combate pelo primeiro posto com Scott Dixon, que foi o segundo. Entre os outros brasileiros, Excelente prova de Mario Moraes, que de oitavo, fechou o pódio em terceiro. Raphael Matos que saiu em décimo sétimo terminou em nono lugar e Tony Kanaan que saiu em quarto, foi mal e encerrou sua participação em Chicagoland em apenas décimo terceiro.
Classificação final em Chicagoland
1 Ryan Briscoe
2 Scott Dixon
3 Mario Moraes
4 Dario Franchitti
5 Graham Rahal
6 Ed Carpenter
7 Oriol Servia
8 Tomas Scheckter
9 Raphael Matos
10 Justin Wilson
11 Marco Andretti
12 Danica Patrick
13 Tony Kanaan
14 Sarah Fisher
15 Ryan Hunter-Reay
16 Mike Conway
17 EJ Viso
18 Robert Doornbos
19 Jaques Lazier
20 Helio Castroneves
21 Milka Duno
22 Dan Wheldon
23 Hideki Mutoh
Classificação do campeonato
1 Ryan Briscoe 550 pontos
2 Dario Franchitti 525 pontos
3 Scott Dixon 517 pontos
4 Helio Castroneves 383 pontos
5 Danica Patrick 353
6 Marco Andretti 342 pontos
7 Tony Kanaan 335 pontos
8 Graham Rahal 331 pontos
9 Dan Wheldon 318 pontos
10 Justin Wilson 316 pontos
11 Hideki Mutoh 309 pontos
12 Ed Carpenter 286 pontos
13 Raphael Matos 274 pontos
14 Ryan Hunter-Reay 269 pontos
15 Robert Doornbos 257 pontos
16 Mario Moraes 248 pontos
17 Mike Conway 234 pontos
18 EJ Viso 219 pontos
19 Will Power 215 pontos
20 Tomas Scheckter 161 pontos
A próxima etapa da IRL acontesse no dia 19 de Setembro no Japão no oval de Motegi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário