sábado, 16 de janeiro de 2010

DAKAR 2010 - OS CAMPEÕES E O RESULTADO DOS BRAZUCAS!

Foto: Marcelo Maragni/webventure.com.br
Caminhões

Na categoria caminhões, o russo Vladimir Chagin, mais uma vez foi soberbo no rally mais perigoso do planeta. Abordo de seu Kamaz ao lado de Sergey Savostin e Eduard Nikolaev, Chagin faturou o hexacampeonato e se igualou a Karel Loprais. O "rolo compressor do deserto" neste Dakar, também bateu outro recorde - O de maior número de vitórias em especiais, superando a marca que era de Stephane Peterhansel.


Foto: David Santos Jr/webventure.com.br
Carros

Depois de fracassar na tentativa de vencer o Dakar nas últimas edições, enfim o espanhol Carlos Sainz se consagrou como o mais novo campeão do rally. Na condução de seu Volkswagen, o madrilenho quase permitiu que a oportunidade lhe escapasse literalmente entre os dedos, e chegou a bater boca ao fim da penúltima especial, com Nasser Al-Attiyah do Qatar, seu principal oponente dentro da competição e que também detinha do mesmo equipamento de Sainz.

Foto: David Santos Jr/webventure.com.br
Motos

Dono de um currículo invejável, o francês Cyril Despres chegou ao seu tri-campeonato no Dakar 2010, somando os dois que ele já tinha - 2005 e 2007.


Quando deu as caras em terras brasileiras para disputar o Rally dos Sertões, abocanhou dois títulos, mostrando que é bom em qualquer tipo de configuração de terreno.



Despres ainda tem também três vices no bolso 2003, 2006 e 2009.




Foto: Marcelo Maragni/webventure.com.br
Quadriciculos

Vencedor de todas as especiais do Dakar 2010 na categoria quadriciculos, o argentino Marcos Patronelli fez história e se tornou o primeiro sulamericano a vencer o rally. Marcos venceu com uma grande diferença de vantagem para o seu irmão mais velho Alejandro Patronelli, que chegou em segundo à 2h e 22min.




Brasileiros

Motos

Rodolpho Mattheis terminou em segundo lugar na categoria Maratona, para motocicletas até 450cc. no geral encerrou sua participação em 26º.


Carlos Ambrósio conseguiu o maior de seus desejos, terminar o dakar pela primeira vez. Ambrósio finalizou sua participação na 36ª colocação na geral.

Já Vicente Neto foi o 76º após os 9 mil km rodados entre a Argentina e o Chile.

Carros

O piloto carioca Guilherme Spinelli ao lado de seu navegador Filipe Palmeiro finalizaram em décimo. Chegaram a estar em oitavo. Com isso, os dois obtiveram o segundo melhor resultado para o Brasil nos carros no Dakar. Klever Kolberg foi o 8° em 2004.

A dupla Jean Azevedo/ Emerson Cavassin, que tiveram problemas mecânicos nas primeiras especiais do Dakar, chegaram a Buenos Aires em 27 no geral. Mesmo com os contratempos, os dois comemoraram e muito o fato de chegar até o fim do rally.

Nenhum comentário:

Postar um comentário